Dogmas de fé, Família, Gestação, Igreja

Ofício da Imaculada Conceição – Jan/18

“Ouvi Mãe de Deus,  minha oração.

Toquem vosso peito, os clamores meus”.

 

Hoje fizemos nosso primeiro Ofício da Imaculada Conceição do ano e colocamos todas as famílias sob a proteção materna de Maria, mãe de Deus e nossa mãe.

Apresentamos a Nossa Senhora as famílias, as atividades da nossa comunidade, os aniversariantes desse mês, os enfermos e todas as pessoas que nos pediram orações.

De uma maneira muito especial queremos louvar à Deus, pelo dom da vida do nosso filho Davi Bossolan de Andrade (11 anos), um verdadeiro sinal da manifestação do amor de Deus e do seu poder, por intercessão da Virgem Maria.

Em 08/01/2007, nasceu nosso filho Davi, após uma longa noite de contrações que iniciou exatamente meia-noite. Minha esposa (Ana Cristina) me disse: o Davi vai nascer no dia do Ofício de Nossa Senhora. A partir desse momento, ela começou a pedir a intercessão de Maria, para que ocorresse tudo bem no momento do parto.

Ela sentiu que a cada contração, ao invés de forçar o abdômen, que seria a reação natural do seu corpo, ela deveria fazer um movimento contrário e puxar a respiração. Isso foi se repetindo até o momento do parto, que aconteceu às 10:03.

Durante os procedimentos para retirada do bebê (parto natural), os médicos perceberam que ele estava com o cordão enrolado no pescoço e já estava sem respirar. Retiraram Davi asfixiado, com uma aparência escura e não chorava.

Levaram imediatamente para a sala ao lado, para os procedimentos de ressuscitação, após várias tentativas o Davi começou a respirar e chorar. Ele precisou ficar um tempo em observação, mas logo foi liberado pelos médicos, para ficar no quarto conosco.

Quando ele foi para o quarto, a médica responsável nos informou todos os detalhes do ocorrido e nos disse que o fato da Cris ter puxado a respiração durante as contrações, fez com que o Davi não ficasse sem respirar. Se ela tivesse forçado o abdômen o menino teria sido enforcado antes de nascer, pois estava com 3º grau de enforcamento.

A médica nos disse que durante o processo de ressuscitação, ela percebeu que ele queria viver e fez muita força pra voltar, pois se permanecesse mais 1 minuto sem respirar, provavelmente não conseguiria voltar ou poderia ficar com graves danos no seu desenvolvimento.

Antes de sairmos do hospital fizeram vários exames, para certificar que não havia nenhuma sequela e tudo correu bem, graças a inspiração de “puxar a respiração” que a Cris sentiu que devia fazer, após pedir a intercessão de Nossa Senhora.

Portanto, não temos dúvidas que a vida do Davi é uma manifestação do poder de Deus e da sua vontade, que através das mãos de Maria, nos presenteou para que pudéssemos testemunhar essa maravilha que Deus fez em nosso favor.
Cantar o Ofício da Imaculada para nós, é reviver todos os meses essa certeza de que temos uma mãe no céu, que cuida de nós.

A vida é sem dúvida nenhuma, o mais belo dom que Deus nos deu!!! Diga sim à vida !!!

Adriel de Andrade

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s